terça-feira, 4 de junho de 2013

Azulejos da Capela da Vista Alegre assinados por Gabriel del Barco e datado de 1694

Embora já hovesse atribuições de autoria dos azulejos da Capela da Vista Alegre em Ílhavo ao azulejador e pintor Gabriel del Barco (Vd. Meco, José, "Gabriel del Barco na região de Lisboa", Boletim Cultural da Assembleia Distrital de Lisboa", 1979), foi identificada, por Rosário Salema de Carvalho, a assinatura de Gabriel del Barco numa das secções do revestimento azulejar da Capela de Nossa Senhora da Penha de França, na Vista Alegre, em Ílhavo. Encontra-se no canto inferior esquerdo da secção que representa a Fuga para o Egipto, situada do lado da Epístola, sobre a porta lateral. A assinatura - G.L B. co - é seguida da indicação do ano da realização da obra - 1694.

O revestimento, atribuído por vários investigadores a este pintor espanhol, deverá ter sido encomendado pelo Bispo de Miranda D. Manuel de Moura Manuel (1632-1699), cujo brasão se encontra pintado nas portas laterais e cujo túmulo se encontra na capela-mor.

Trata-se, pois, de mais uma obra da autoria de Gabriel del Barco a juntar a tantas outras já conhecidas, e que podem ser consultadas na ficha relativa a este pintor no Az Infinitum - Sistema de Referência e Indexação de Azulejo.


A descoberta, feita no âmbito dos estudos que a investigadora tem vindo a desenvolver sobre a pintura do azulejo do período de transição e Ciclo dos Mestres, demonstra, também, como o recurso às tecnologias hoje ao dispor da História da Arte pode contribuir para conhecer melhor um período tão significativo da história da azulejaria portuguesa. Na verdade, apenas a ampliação de imagens digitais permitiu identificar a assinatura e o ano, localizados muito acima da linha de visão e que haviam passado despercebidos.
 
pintor de azulejos de origem espanhola, que trabalhou em Portugal no final do século XVII e inícios do seguinte, introduzindo a pintura figurativa azul e branca, à qual conferiu grande notoriedade, através de um desenho simples mas trabalhado em pinceladas de forte expressividade. Datado de 1694, este é considerado um trabalho de grande significado no contexto da história da azulejaria portuguesa, tal como o trabalho na Quinta de Sinel de Cordes ou de Nossa Senhora da Conceição
Barcarena, uma vez que se pensa constituir uma das experiências iniciais a azul e branco, e por isso mesmo ainda apegada a modelos polícromos, como os da igreja de Carcavelos, do mesmo autor (MECO, 1979, p. 107).
De facto, Gabriel del Barco chegou a Portugal como pintor de tectos, tendo desenvolvido esta actividade durante algum tempo. Razão pela qual se encontram atribuídas a este artista as pinturas a têmpera da abóbada e ilhargas da sacristia desta Capela, representando árvore de Jessé, figuras femininas e albarradas florais.

Outras obras atribuidas e de Gabriel del Barco:

Painel de azulejos com a representação de São João Baptista
(Hospital de São José, Lisboa)
Pintor, Atribuído (SIMÕES - Azulejaria em Portugal no século XVIII, p. 205)


Revestimento cerâmico da nave da Igreja
(Igreja do Convento dos Lóios, Arraiolos)
Pintor, Assinado, capela-mor e portal [azulejo assinado e datado, descontextualizado, junto ao portal principal, apenas com parte da assinatura - briel del / arco 1699]


Revestimento cerâmico da Capela de São João Evangelista
(Igreja do Convento dos Lóios, Arraiolos)
Pintor, Assinado, capela-mor e portal


Revestimento cerâmico da Capela de São João Baptista
(Igreja do Convento dos Lóios, Arraiolos)
Pintor, Assinado, capela-mor e portal


Revestimento cerâmico da capela-mor
(Igreja do Convento dos Lóios, Arraiolos)
Pintor, Assinado, capela-mor e portal


Painéis de azulejos com iconografia de Santa Clara
(Hospital de Santa Marta, Lisboa)
Pintor, Atribuído (1979 - MECO - "Azulejos de Gabriel del Barco [...]", p. 113; 1979 -MECO - "O pintor de azulejos [...]", p. 65; 1984 - MECO - "Azulejos de Lisboa" [...], p. 53; 1989 - MECO - Azulejaria Portuguesa, p. 67; 1993 - MECO - O Azulejo em Portugal, p. 216; 1994 - MECO - "Lisboa Barroca [...]", p. 327; 1979 - SIMÕES, p. 24; 1996 - VELOSO; ALMASQUÉ - Hospitais Civis [...], p. 91)


Painel de azulejos representando a Adoração dos pastores
(Hospital de São José, Lisboa)
Pintor, Atribuído (MECO, 1979, p. 64; IDEM, 1981, p. 42)


Revestimento cerâmico da sala da Confraria do Santíssimo Sacramento
(Igreja de São Mamede, Évora)
Pintor, Assinado - parede 1, nível 1, secção 1